25 maio 2012

Viagem: Jericoacoara - Ceará

Jericoacoara é um dos muitos destinos procurados aqui no Ceará, e não é por menos, pois embora eu tenha pego um final de semana chuvoso quando estive por lá, não pude deixar de apreciar a beleza, a história e as aventuras que o lugar proporciona.


O acesso é difícil, pois fica numa área de proteção ambiental e portanto não é possível que o lugar seja modificado e interferido por construções humanas. Ao se aproximar do destino é preciso trocar de carro, nós fomos de ônibus e trocamos para jardineira\pau de arara. Poderia ser em BWM também, mas como estávamos em grande número o que nos comportou foram duas jardineiras.

Inicialmente o caminho é todo envovido por paisagens verdes, você está literalmente no meio do mato, e nís chegamos lá por volta de meia noite, ou seja, estava tudo muito quieto, mas mesmo que não fosse esse horário acredito que continuaria quieto, nesse trecho só tem túneis verdes.

Cerca de meia hora a quarenta minutos depois chegamos ao vilarejo e lá estava a pousada para a qual estávamos destinados.

No dia seguinte fizemos um passeio para Tatajuba, que inicialmente era um lugar habitado pelos moradores que hoje vivem nos arredores devido às dunas que soterraram o local. Por ali tem a Lagoa de Tatajuba, onde tem aquelas redes em que você pode se deitar e relaxar. À beira da lagoa tem um restaurante instalado que serve um peixe frito maravilhoso (palavra de quem não é fã de peixe). Eles servem o peixe aberto, nós pedimos três para que todos comessem bem.

A estrutura do local não é boa, mas é devido à condição de paraíso que se tem por lá e que não pode ser destruído, então a gente entende.

No final da tarde fomos visitar a famosa Pedra Furada, essa da foto aí em cima, linda demais.
À noite fomos conhecer a vila e sua programação gastronômica, percebemos que a vila é cheia de estrangeiros que montam seus restaurantes por ali. Tem pizzarias, creperias, cafés... a variedade é boa, e para quem gosta, tem um forró também.

No dia seguinte fomos visitar a Lagoa do Paraíso, essa sim oferece restaurantes com maior estrutura por perto, ficamos num chalé-restaurante-barraca, pegamos um quarto só para guardar as coisas do pessoal e para ao final do dia se arrumar para ir embora. Almoçamos por lá e ficamos relaxando nas redes que ficam na lagoa. Eles oferecem passeios de jangadas e de caiaque, para quem se interessar.

A questão é que fiz esse passeio em março e em setembro terá outro, se vocês estiverem pensando em passear por aqui, de repente é uma boa ideia dar uma voltinha em Jeri, dá uma olhada:


Espero que tenham gostado, tenham um bom final de semana, aproveitem porque a vida quer sair pra brincar.

2 comentários:

Mi disse...

já ouvi falar muito deste lugar, é lindo
bom fds, beijinhos

Paula Patricia disse...

adorei o post! quero um dia ir a Jeri. Um paraíso desses tão perto da gente, e tem cearense que fica sonhando com praias no exterior! hehe